Cálculo Seguro Desemprego

A Contribuição com INSS tem como um dos seus objetivos garantira um valor de direito a todo trabalhador que encontra-se em situação de desempregado, o valor do seguro desemprego deve ser calculado sobre um percentual dos três últimos salários do trabalhador, o cálculo sobre os últimos salários do trabalhador garante que funções comissionadas ou que frequentemente recebe adicionais noturnos e horas extras tenham como garantia o recebimento de um valor aproximado do salário que recebia em determinada função.

O número de parcelas a receber do Seguro Desemprego varia de acordo com a quantidade de meses trabalhados, desta maneira um trabalhador que exerceu atividade em uma ou mais funções da empresa por um período mínimo de 1(um) ano deve receber 4(quatro)parcelas do Seguro Desemprego, já o trabalhador que tenha permanecido em uma mesma empresa durante o período de 2(dois)anos ou 24(vinte quatro) meses deve receber 5 (cinco) parcelas do Seguro Desemprego.

É de direito de todo trabalhador que tenha exercido atividade Primeiro Emprego por um mínimo de 12(doze)meses permanecendo em uma mesma empresa poderá receber Seguro Desemprego, após o Primeiro Emprego todo trabalhador que exercer atividade em empresa privada tem direito a receber parcelas do Seguro Desemprego desde que tenha trabalhado 6(seis)meses em uma mesma empresa.

Cálculo Seguro Desemprego

Qual o valor das Parcelas do Seguro Desemprego?

O valor das parcelas do Seguro Desemprego é uma estimativa dos três últimos salários do trabalhador, será contabilizado para o Cálculo do Seguro Desempregos o Valor Total ou Valor Líquido presente no holerite do funcionário e na folha de pagamento. Por exemplo, um funcionário que foi demitido no mês 4 (Abril) deverá somar os meses de Fevereiro; Março e Abril e dividir por três para ter uma estimativa ou valor aproximado do valor das parcelas do Seguro Desemprego que pode ser mais ou menos do que o resultado obtido na divisão.

|Salário Mês de Fevereiro+ Salário Mês de Março+ Salário Mês de Abril/3 (três) = Estimativa do Valor das Parcelas do Seguro Desemprego ou Resultado Aproximado|

A outra maneira de saber qual é o valor das parcelas do Seguro Desemprego é utilizando um simulador através de endereços eletrônicos, para encontrar um Simulador do Cálculo do Seguro Desemprego na internet basta digitar no Google Cálculo do Seguro Desemprego, vai aparecer uma lista de sites com simulador para serem utilizados.

Simulador de Cálculo do Seguro Desemprego

Os Simuladores também apresentam estimativa mais exata do valor do Seguro Desemprego, além do Cálculo do Valor das Parcelas, é necessário também deixar a quantidade de meses trabalhados, desta maneira é possível saber qual valor aproximado das parcelas do Seguro Desemprego e a quantidade de parcelas que o trabalhador deverá receber.

  1. Digite no navegador o endereço eletrônico do Simulador do Cálculo do Seguro Desemprego www.calculoexato.net.
  2. Preencha as informações Recebeu Seguro Desemprego? Antepenúltimo Salário? Penúltimo Salário? Últmo Salário Clique no Botão Calcular Parcelas e Valor a Receber.
  3. Ao Clicar no Botão Calcular Parcelas vai aparecer um número de parcelas de 3(três) a 5 (cinco) parcelas, quantidade de parcelas que o trabalhador deve receber.
  4. O Clique no Botão Valor a Receber vai apresentar uma quantia em reais estimada do valor das parcelas do Seguro Desemprego.

Agendamento do Seguro Desemprego

O Agendamento do Seguro Desemprego deve ser realizado pelo empregado ou empregador assim que o contrato for rescindido ou homologado, o pagamento da Primeira Parcela do Seguro Desemprego deve ser agendado para imediatos 30 dias após a demissão.

A comprovação da demissão do funcionário ou desligamento da empresa deve ser registrada no CAGED, como data de saída, desta maneira a base de dados do CAGED deverá utilizar as informações para concessão do Seguro Desemprego.

A Nova lei estabelece que não deverá haver prazos para concessão do Seguro Desemprego e desligamento do funcionário da função, através de ligação direta entre Previdência Social e DATAPREV o novo sistema será mais ágil para que o trabalhador não precise aguardar mais do que 30 dias para recebimento da Primeira Parcela do Seguro Desemprego.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *